Agenda Científica /

Associação dos Arqueólogos Portugueses

Associação dos Arqueólogos Portugueses

5 de Abril de 2021, 17 horas

Vídeo-conferência promovida pela Plataforma pelo Património Cultural (PP-Cult)

Intervenção inicial de Vítor Serrão, seguida de painel de debate com oradores das diferentes Associações patrimoniais

Carta de Direitos e Deveres Património Cultural Português


5 de Abril de 2021, 17 horas Acesso livre.

https://zoom.us/j/98669516468?pwd=LzA3M2dGeW53UTByZjFuVVdDbFYxdz09
Senha de acesso: 949139

Artigo de opinião do jornal Público, de Vítor Serrão
Manifesto de (re)lançamento da PP-Cult, em Março de 2020

Associação dos Arqueólogos Portugueses

19 a 22 de Novembro de 2020

Faculdade de Letras da Universidade do Porto

Congresso

III CONGRESSO DA ASSOCIAÇÃO DOS ARQUEÓLOGOS PORTUGUESES


A Associação dos Arqueólogos Portugueses irá organizar o III Congresso da Associação dos Arqueólogos Portugueses, que terá lugar entre os dias 19 e 22 de Novembro de 2020.
Depois do êxito das duas edições anteriores - em 2013 e 2017 - onde estiveram presentes mais de 200 investigadores de todo o país com apresentação combinada de cerca de 300 comunicações, resultando na publicação de dois livros de Actas, tornou-se imperativo a organização do III Congresso, constituindo-se assim um marco na divulgação científica e reunião da comunidade arqueológica nacional.

Nesta terceira edição continuar-se-á o modelo iniciado em 2017, de co-organização com instituições de ensino superior de Portugal, estando já estabelecida a colaboração com a Faculdade de Letras da Universidade do Porto e a sua unidade de investigação CITCEM.

Visto que, e à imagem das edições anteriores, o sucesso deste evento depende da participação activa da comunidade arqueológica, esperamos contar com a vossa presença para divulgarem os resultados da vossa investigação e trabalhos científicos.

Mais informações em: congresso.arqueologos.pt.

Secção de História

29 e 30 de Maio de 2020

Auditório do Museu Arqueológico do Carmo

Encontro

Investigação Arqueologica e Turismo

A lei 107/2001 de 8 de Setembro, que estabeleceu as bases da política e do regime de protecção e valorização do património cultural, refere nos seus princípios gerais a coordenação e articulação do património cultural com as restantes políticas, nomeadamente de turismo. Mais recentemente foi aprovada a «Estratégia para o Turismo 2027» – Resolução do Conselho de Ministros n.º 134/2017, Diário da República n.º 187/2017, Série I, de 27 de Setembro – que identifica nos seus cinco activos diferenciadores: «História, cultura e identidade». Constituirá o turismo uma oportunidade para o desenvolvimento da investigação arqueológica ou um risco acrescido para a salvaguarda dos monumentos, conjuntos e sítios? Este encontro vai procurar fazer a reflexão fundada em casos práticos sobre o contributo da investigação de sítios arqueológicos na implementação de uma política racional de protecção e valorização do património arqueológico.

Resposta para historia@arqueologos.pt com os seguintes dados:
- Título Proposto;
- Autor(es);
- Filiação;
- Endereço de correio electrónico;
- Resumo (250 palavras):

VNSP 3000

14 de Abril de 2020 - 17H

Online

Conferência

VNSP3000 - Um Projecto de Arqueologia Que é Pública


Na próxima terça-feira, dia 14, pelas 17.00h será realizada uma comunicação sobre a vertente da Arqueologia Pública do projecto VNSP3000. Esta apresentação será efectuada online, através da plataforma Zoom e será aberta a todos, havendo a possibilidade de debate no final da apresentação.

O link para a sessão zoom é: https://bit.ly/vnsp_zoom

Mas podem também aceder com:
ID da reunião: 951 848 572
Senha: 12345

Realiza-se no âmbito do Seminário de Mestrado da FLUL - "Arqueologia e o Mundo Contemporâneo" - onde serão realizadas sete sessões diferentes.
Podem também seguir em directo no Canal Youtube da Uniarq (https://www.youtube.com/channel/UCxsgTP-AfbLedLDgUpE1k6g).

Secção de Pré-História

13 a 15 de Fevereiro de 2020

Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e Museu Arqueológico do Carmo

Congresso

#TAGI20


Decorrerá entre 13 e 15 de Fevereiro de 2020 a segunda edição do TAG Ibérico, encontro organizado pela secção de Pré-História da AAP, em colaboração com a Uniarq – Centro de Arqueologia em colaboração e a JAS Arqueologia. As sessões de dia 13 e dia 14 terão lugar na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (Anfiteatro III e sala B5) e as de dia 15 no Museu Arqueológico do Carmo.

O Theoretical Archaeology Group (TAG) é realizado no Reino Unido desde 1977 e é o principal ponto de encontro da arqueologia teórica. Outras edições derivam dele nos Estados Unidos (desde 2008), na Escandinávia (desde 2009), na Turquia (desde 2013), na Europa Central (desde 2015), na Austrália (desde 2016) e na Península Ibérica desde 2018. http://antiquity.ac.uk/antplus/tag.

Consulte aqui o programa.

Inscrições em http://tagiberico.org/.


Para mais informações consulte o site do congresso em tagiberico.org.


COMISSÃO ORGANIZADORA / COMITÉ ORGANIZADOR
Mariana Diniz, Portugal
Andrea Martins, Portugal
Francisco Gomes, Portugal
Jaime Almansa Sánchez, España

SECRETARIADO
Daniel Carvalho, Portugal
Cátia Melo, Portugal
Frederico Agosto, Portugal

COMISSÃO CIENTÍFICA / COMITÉ CIENTÍFICO
Ana Delgado, España
Ana Vale, Portugal
António Valera, Portugal
Beatriz Marín Aguilera, España
Felipe Criado Boado, España
Margarita Sánchez Romero, España
Sergio Escribano Ruiz, España
Vitor Oliveira Jorge, Portugal

PATROCINADORES
JAS Arqueología / Faculdade de Letras, Universidade de Lisboa / Associação dos Arqueólogos portugueses – Museu Arqueológico do Carmo

Secção de Pré-História

26 Outubro - 17h00

Auditório do Museu Arqueológico do Carmo

Conferência

Présentation de l'outil open-source Ishtar: gestion et diffusion de données et documents pour l'archéologie


Yann le Jeune
CEeAAH UMR 6566 CNRS, França

Financiado por fundos nacionais através da FCT – Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P., no âmbito do projeto O Paleolítico Superior e a Arqueologia Preventiva em Portugal: desafios e oportunidades (PTDC/HAR-ARQ/30779/2017)

Comissão de Estudos Olisiponenses

26 Outubro - 15h00

Museu Nacional de Arqueologia

Conferências

Lisboa não é só Subterrânea - 25 Anos depois de uma Exposição

V Sessão


Necrópoles Medievais e Modernas em Lisboa
Nathalie Antunes-Ferreira
CIIEM - Centro de Investigação Interdisciplinar Egas Moniz - Instituto Superior de Ciências da Saúde Egas Moniz, LCFPEM - Laboratório de Ciências Forenses e Psicológicas Egas Moniz, LABOH - Laboratório de Antropologia Biológica e Osteologia Humana, CRIA - Centro em Rede de Insvestigação em Antropologia - Universidade Nova de Lisboa
Francisco Curate
CIAS - Centro de Investigação em Antropologia e Saúde - Universidade de Coimbra, ICArEHB - Interdisciplinary Center for Archaeology and Evolution of Human Behaviour - Universidade do Algarve e LAF - Laboratório de Antropologia Forense - Universidade de Coimbra

Uma estranha ausência? O estudo da porcelana chinesa depois da "Lisboa Subterrânea"
José Pedro Henriques
IAP - Instituto de Arqueologia e Paleociências - Universidade Nova de Lisboa

O azulejo na região de Lisboa: uma perspectiva transversal (séculos XVI-XVIII)
Mariana Almeida
IAP - Instituto de Arqueologia e Paleociências - Universidade Nova de Lisboa e IHC - Instituto de História Contemporânea - Universidade de Lisboa

Lisboa e o Tejo a partir da Arqueologia Marítima: perspectivas de investigação
José Bettencourt
CHAM - Centro de Humanidade - Universidade Nova de Lisboa e Universidade dos Açores

Vivendo com a nobreza: palácios e casas nobres na Lisboa Moderna
Tânia Casimiro
IAP - Instituto de Arqueologia e Paleociências - Universidade Nova de Lisboa e IHC - Instituto de História Contemporânea - Universidade de Lisboa
Carlos Boavida
IAP - Instituto de Arqueologia e Paleociências - Universidade Nova de Lisboa

Comissão de Estudos Olisiponenses

12 Outubro 2019 - 15h00

Museu Arqueológico do Carmo

Conferências

25º Aniversário da Comissão de Estudos Olisiponenses


ABERTURA
José Morais Arnaud
Presidente da Direcção da Associação dos Arqueólogos Portugueses
Tânia Manuel Casimiro
Presidente da Mesa da Comissão de Estudos Olisiponeses da Associação dos Arqueólogos Portugueses


Parte I - UMA VIDA A CONTAR LISBOA:
Homenagem a Francisco Santana - Memórias e Testemunhos

Homenagem a um grande Amigo
Fernando Andrade Lemos
Centro Cultural Eça de Queiroz

Um não-lisboeta, perfeito alfacinha
Appio Sottomayor

Francisco Santana. O olisipófilo e a Olisipo
Eunice Relvas
Hemeroteca/CML | IHC-NOVA-FCSH

Memórias da 4.ª Repartição – Acção Cultural (CML/DSCC)
Salete Salvado
GAL


Parte II – 1994 – UM ANO ÍMPAR EM LISBOA

O Livro de Lisboa. A necessária síntese
Ana Cristina Leite
GEO/CML

1994, o ano de (quase) todas as decisões: o Dicionário da História de Lisboa
Ana Cristina Martins
IHC-NOVA-FCSH - Pólo UÉvora | Uniarq-UL | AAP | SGL

Contar 25 anos: A actividade da Comissão de Estudos Olisiponenses
Carlos Boavida
CEO/AAP

Secção de História

10 de Outubro de 2019 - 18h

Auditório do Museu Arqueológico do Carmo

Conferência

José Luiz Monteiro: Arquiteto de Lisboa, Mestre dos Mestres

Paulo Batista
CIDEHUS.UE - Centro Interdisciplinar de História, Culturas e Sociedades da Universidade de Évora

Secção de História

9 de Maio de 2019 - 18h

Museu Arqueológico do Carmo

Os Caminhos de Santiago em Portugal - mais difíceis os caminhos da legislação do que os caminhos da peregrinação

Paulo Almeida Fernandes | Palácio Pimenta - Museu de Lisboa

Entrada livre, condicionada à lotação do auditório.

Comissão de Estudos Olisiponenses

Abril a Dezembro 2019

Lisboa não é só Subterrânea
25 Anos depois de uma Exposição

No âmbito das actividades da Comissão de Estudos Olisiponenses da Associação dos Arqueólogos Portugueses, entre Abril e Dezembro de 2019, vai realizar-se o ciclo de conferências “Lisboa não é só subterrânea – 25 anos depois de uma exposição”.

Em 1994, no âmbito da Capital Europeia da Cultura, teve lugar no Museu Nacional de Arqueologia a exposição “Lisboa Subterrânea”, comissariada pela Professora Ana Margarida Arruda. Aquele evento tornou-se num marco incontornável no desenvolvimento da Arqueologia da cidade e da sua aproximação ao público.

Vinte cinco anos depois, o Museu Nacional de Arqueologia, a Associação dos Arqueólogos Portugueses, através da sua Comissão de Estudos Olisiponenses e o Centro de Arqueologia de Lisboa, juntam-se para a assinalar aquele evento procurando fazer um balanço do progresso e evolução do estado da Arqueologia na capital.

Nesse sentido, o ciclo de conferências “Lisboa não é só Subterrânea – 25 Anos depois de uma exposição”, pretende reflectir acerca das descobertas e conhecimentos gerados em duas décadas e meia, reunindo universidades, museus, municípios e empresas de arqueologia.

O programa completo do ciclo de conferências será divulgado na I Sessão, que terá lugar no Salão Nobre do Museu Nacional de Arqueologia, no dia 13 de Abril de 2019, a partir das 15h00.

Associação dos Arqueólogos Portugueses

28 de Março de 2019 - 17h30

Assembleia Geral Ordinária

No próximo dia 28 de Março de 2019, pelas 17h30h no Museu Arqueológico do Carmo, em Lisboa vai realizar-se a Assembleia Geral Ordinária para a apresentação e discussão do relatório e contas da Direcção e parecer do Conselho Fiscal. Depois, pelas 18,30h, vai realizar -se a Assembleia Geral Extraordinária com a análise da proposta de alteração de estatutos e regulamento apresentada pela Direcção.

Veja aqui a Convocatória.

Secção de História

21 e 22 de Março de 2019

Auditório do Museu Arqueológico do Carmo

A Península Ibérica entre os séculos V e X
continuidade, transição e mudança

Este encontro tem como objetivo apresentar os últimos dados arqueológicos e discutir o problema da continuidade, transição e mudança nesta longa duração que medeia entre a Antiguidade Tardia e a Alta Idade Média na Península Ibérica.
Algumas das questões a serem abordadas e debatidas são as migrações e demografia, economia, política e religião.

Associação dos Arqueólogos Portugueses

15 de Março de 2019 - 15h

Direção Regional de Cultura do Algarve

Boas Práticas na Gestão de Espólios Arqueológicos

Apresentação Pública do Documento

"Recomendações de Boas Práticas de Espólios Arqueológicos: Recolha, Seleção e Descarte"

No próximo dia 15 de março realizar-se-á uma sessão de discussão pública deste documento nas instalações na Direção Regional de Cultura em Faro, pelo Grupo de Trabalho para Espólios Arqueológicos, com a participação do arqueólogo Rui Parreira, técnico daquele organismo e da arqueóloga Vera Freitas, em representação da Rede de Museus do Algarve.

Secção de Pré-História

14 de Março de 2019 - 18h

Museu Arqueológico do Carmo

Lagar Velho: vinte anos depois

Ana Cristina Araújo | Laboratório de Arqueociências; CIBIO; UNIARQ – Centro de Arqueologia da Universidade de Lisboa
Ana Maria Costa |Laboratório de Arqueociências; CIBIO; Instituto Dom Luiz - UL

Associação dos Arqueólogos Portugueses

28 de Fevereiro de 2019 - 15h

Direção Regional de Cultura do Alentejo

Boas Práticas na Gestão de Espólios Arqueológicos

Apresentação Pública do Documento

"Recomendações de Boas Práticas de Espólios Arqueológicos: Recolha, Seleção e Descarte"

Intervenientes

Grupo de Trabalho

Manuela de Deus | DRCALENTEJO


Secção de História

14 de Fevereiro de 2018 - 18h

Auditório do Museu Arqueológico do Carmo

Museus Rurais a Sul
Devolver à Memória os Objectos de um Tempo Apagado

Miguel Rego
DRC-Alentejo

Entrada livre, condicionada à lotação do auditório

Comissão de Estudos Olisiponenses e Gabinete de Estudos Olisiponenses da Câmara Municipal de Lisboa e Sociedade de Geografia de Lisboa

11 de Fevereiro de 2018 - 18h

Auditório do Museu Arqueológico do Carmo

Júlio de Castilho (1840-1919)
Sessão Evocativa no Centenário da sua Morte

18h00 - Abertura

18h10 - Júlio de Castilho e Possidónio da Silva em nome de Lisboa: O contributo da Real Associação dos Arquitectos Civis e Arqueólogos Portugueses
Ana Cristina Martins (FCT | IHC – CEHFCi – UÉvora – NOVA/FCSH | UNIARQ – UL | AAP | SGL)

18h30 - As antiguidades romanas em Júlio de Castilho: Os casos particulares do teatro e das termas dos Cássios
Lídia Fernandes (coordenadora do Museu de Lisboa – Teatro Romano/EGEAC)
Carlos Cabral Loureiro (Museu de Lisboa – Palácio Pimenta/EGEAC)

18h50 - Júlio de Castilho: Olisipografia e Romantismo Manuel
Fialho Silva (Gabinete de Estudos Olisiponenses – CML | Centro de História – UL)

19h10 Júlio de Castilho e o acaso da Olisipografia
Mário Nascimento (Museu de Lisboa – Palácio Pimenta/EGEAC)

19h30 - Debate

20h00 - Encerramento

 

Realizar-se-á no dia 8 de Fevereiro de 2019 a Homenagem a Júlio de Castilho por ocasião do Centenário da seu Falecimento nas instalações da Sociedade de Geografia de Lisboa, à qual Associação dos Arqueólogos Portugueses está associada neste evento, cumprindo o Programa definido por aquela Associação.

Comissão de Heráldica

9 de Fevereiro de 2019 - 11h30

Cemitério dos Prazeres

Homenagem a Afonso Dornelas Cisteiros
no 75º Aniversário da sua Morte

Completando-se no próximo dia 9 de Fevereiro 75 anos do falecimento do ilustre Académico, Heraldista e Historiador Afonso Dornelas Cisneiros, nosso prestimoso consócio e Sócio Honorário, fundador da então Seção de Heráldica que precedeu a atual Comissão de Heráldica, onde desenvolveu notável obra de âmbito nacional em defesa e valorização da Heráldica Autárquica, apreciando as propostas que as autarquias submetiam a parecer vinculativo da Associação, imprescindível para puderem legalmente usar brasão de armas, bandeira e selo, venho convidá-lo, para se associar à homenagem que a Direção da Associação dos Arqueólogos Portugueses lhe vai prestar.

Assim, pelas 11h30 do dia acima mencionado, quem desejar associar-se a este ato evocativo deverá aguardar na sala de espera do Cemitério dos Prazeres, em Lisboa, do lado esquerdo do portão de entrada, de onde se seguirá para junto do jazigo 5061 onde se encontra depositado, sito na rua 45, participando na romagem e deposição duma coroa de flores a que se seguirão breves intervenções dos representantes das instituições Académicas e Culturais convidadas.

Mapa do Cemitério dos Prazeres.

Sociedade de Geografia de Lisboa, Gabinete de Estudos Olisiponenes da Câmara Minicipal de Lisboa e Comissão de Estudos Olisiponenses

8 de Fevereiro de 2018 - 10h30

Sociedade de Geografia de Lisboa

Homenagem a Júlio de Castilho por ocasião do Centenário da seu Falecimento

Pode consultar aqui o programa.

Associação dos Arqueólogos Portugueses e e Associação Clenardvs: Promoção e Ensino da Cultura e Línguas Clássicas

de 19 de Janeiro a 2 de Fevereiro de 2018

Sábados das 10h às 12h

A Actualidade da Cultura Romana: Vida Pública e Privada

Acção de Formação
Para mais informações consulte a página da acção de formação.

Comissão de Heráldica

15 de Janeiro a 19 de Fevereiro de 2019

Terças e Quintas-feiras das 18h30 às 20h

Introdução à Heráldica

Curso Livre
Para mais informações consulte a página do curso.

Comissão de Arqueologia Profissional e Secção de História

22 de Dezembro de 2018 - 18h

Auditório do Museu Arqueológico do Carmo

Arqueologia nos Açores: uma breve história

José Luís Neto


“Arqueologia nos Açores – Uma Breve História”, de José Luís Neto, é a primeira obra sobre esta matéria que se publica nos Açores. O livro reflete, de forma despretensiosa, o que têm sido os trabalhos arqueológicos levados a cabo na região e constitui-se como a primeira visão de conjunto da arqueologia no arquipélago e como o primeiro manual de arqueologia dos Açores.

Mais informação

A arqueologia é uma ciência ligada à história que se dedica ao estudo das manifestações culturais e materiais desde o surgimento do homem até ao presente. A sua missão é, pois, por um lado, ajudar-nos a perceber o passado e a ação humana e, por outro, permitir a preservação e narração da história e do património cultural. A arqueologia, ao identificar e datar os vestígios deixados pelas gerações anteriores, constitui-se assim como fundamental na história dos Açores, permitindo um entendimento mais rigoroso dos factos e acontecimentos dos nossos antepassados.

Sendo a arqueologia um trabalho coletivo, esta obra é, pois, o reflexo singular do labor de quantos, ao longo dos tempos, a ela se têm dedicado no arquipélago. “Arqueologia nos Açores – Uma Breve História” é, assim, como o título indica, uma interpretação breve e possível do tema, reunindo e sintetizando todos esses trabalhos, tendo em vista a divulgação dos mesmos junto de quem vive ou visita os Açores. Não explora apenas os achados arqueológicos encontrados nas várias intervenções efetuadas, mas antes, ao reunir o escavado, algum edificado e alguma documentação, procura reconstruir imagens sobre vários aspetos que envolvem a arqueologia enquanto fenómeno cultural nos Açores.

Nota biográfica: 

José Luís Neto, que nasceu em Lisboa, em 1977, cedo manifestou o seu interesse pela arqueologia, o que o levou, desde os quinze anos, ao pó das escavações. Licenciado, mestre e doutor na área, trabalhou em inúmeras prospeções e escavações, de norte a sul e ilhas, tendo desenvolvido relevante trabalho no estudo e recuperação do património de Setúbal, até “atracar”, em 2012, nos Açores, onde tem procurado dinamizar e desenvolver a arqueologia, nomeadamente com o Roteiro do Património Cultural Subaquático e as Cartas de Risco. É autor de uma dezena de livros e de três centenas de artigos nos domínios da arqueologia, arte, história e filosofia, que desenvolve em paralelo com o seu interesse pelo teatro e artes, bem como pela literatura, tendo já publicados um livro de contos, dois romances e uma dramaturgia.

Entrada livre, condicionada à lotação do auditório

Comissão de Estudos Olisiponenses

6 de Dezembro de 2018 - 18h

Auditório do Museu Arqueológico do Carmo

A Pintura Antiga Na Igreja Da Comunidade Italiana De Nossa Senhora Do Loreto, Em Lisboa (Séculos XVI-XVIII)

Vítor Serrão
Entrada livre, condicionada à lotação do auditório

Associação dos Arqueólogos Portugueses

6 de Dezembro de 2018 - 17h

Auditório do Museu Arqueológico do Carmo

Lançamento da Monografia n.º 6

A Princesinha Branca e Esbelta e o Dragão Negro e Rotundo ou a Torre de Belém vs. a Fábrica de Gás: Um longo combate pelo Património

de Paulo Oliveira Ramos

A apresentação do livro será feita por Vítor Serrão
Entrada livre, condicionada à lotação do auditório

Comissão de Arqueologia Profissional

28 de Novembro de 2018 - 18h30

Auditório do Museu Arqueológico do Carmo

The Chartered Institute for Archaeologists (CIfA): Building Professionalism, Power, and Influence in Archaeology and Heritage Management

Gerry Wait

Resumo:
Na conferência será apresentada e discutida a origem, constituição e desenvolvimento do CIfA, a partir do início dos anos oitenta até à actualidade. Serão abordados os impactos desta organização no estabelecimento e desenvolvimento da arqueologia enquanto profissão, no Reino Unido e não só. O CIfA tem três mil e quinhentos membros dispersos por quarenta países, inclui dois grupos exteriores ao Reino Unido, na Alemanha e na Austrália e subscreveu Memorandos de Entendimento com diversas associações profissionais de vários países com vista ao desenvolvimento de processos de trabalho devidamente articulados e assumidos em cooperação.

O conferencista:
Gerry Wait foi Presidente do CIfA durante dois mandatos, tendo também assumido responsabilidades de Tesoureiro e de membro da Direcção, a partir de 2008 e até ao ano passado. Actualmente, representa a Direcção do CIfA nas parcerias com entidades Alemãs, Australianas ou outras, tal como representa o CIfA, desde 1995, nos congressos da EAA. Gerry Wait é também sócio e director de duas empresas – Triskelion, que actua no Reino Unido e GWHeritage, que opera internacionalmente.

Prevê-se uma conferência com duração de aproximadamente 45 minutos, seguida de eventual debate.

Entrada livre, condicionada à lotação do auditório.

Comissão de Estudos Olisiponenses

28 de Novembro de 2018 - 17h

Auditório do Museu Arqueológico do Carmo

Quotidianos Contemporâneos em Torno em Lisboa: Contributos da Arqueologia

Fancy a drink?
As garrafas da Rua do Salitre e consumo de genebra em Lisboa no século XIX

Afonso Leão
Rafael Sousa
Márcio Martingil | IAP/UNL e Taipa Arqueologia
Vanessa Filipe | IAP/UNL e Cota 80,86

A voz dos esquecidos: evidências materiais num pátio operário lisboeta em finais do século XIX

Ana Beatriz Lavres
Jessica Roque
Vanessa Filipe | IAP/UNL e Cota 80,86
José Pedro Henriques | IAP/UNL e Cota 80,86
Tânia Manuel Casimiro | Cota 80,86 e IHC/UNL

Consumo, consumismo e lixos urbanos em Almada (1880-1910)

Marta Capote
João Luís Sequeira | IHC/UNL
Luís de Barros | Câmara Municipal de Almada

Entrada livre, condicionada à lotação do auditório

Associação dos Arqueólogos Portugueses

27 de Novembro de 2018 - 15h

Padrão dos Descobriomentos (Belém, Lisboa)

Boas Práticas na Gestão de Espólios Arqueológicos

Apresentação Pública do Documento

"Recomendações de Boas Práticas de Espólios Arqueológicos: Recolham Selecção e Descarte"

Conferência

"Professional Codes of Conduct and Standards & Guiance: CIfA Observations after 25 Years"

Gerald Wait | Chartered Institude for Archaeologists (CIfA)

Secção de Pré-História

26 de Novembro de 2018 - 18h

Auditório do Museu Arqueológico do Carmo

Arqueologia e Sociedade Portuguesa: Perspectivas contemporâneas do Passado no Presente

Daniel Carvalho | Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa

Entrada livre, condicionada à lotação do auditório

Associação dos Arqueólogos Portugueses

22 de Novembro de 2018 - 17h

Auditório do Museu Arqueológico do Carmo

155º Aniversário da Associação dos Arqueólogos Portugueses

17h00
Lisboa antes e depois do terramoto

Conferência de Jacinta Bugalhão


18h00

Lançamento da Revista Arqueologia e História nº68 - "Colóquio: Terramoto de Lisboa. Arqueologia e História.


19h00

Porto de Honra

Entrada livre, condicionada à lotação do auditório

Comissão de Arqueologia Profissional

8 de Novembro de 2018 - 18h

Auditório do Museu Arqueológico do Carmo

Deontologia Profissional, Associativismo, Investigação e Gestão do Património - Que Arqueologia Neste Século XXI?

António Manuel S. P. Silva

Entrada livre, condicionada à lotação do auditório

Secção de Pré-História

7 de Novembro de 2018 - 18h

Auditório do Museu Arqueológico do Carmo

Novos métodos científicos para o estudo da dieta, nutrição, mobilidade, e cronologia das populações do passado

Ricardo Fernandes

Max Planck Institute for the Science of Human History

Entrada livre, condicionada à lotação do auditório

Comissão de Estudos Olisiponenses e Secção de História

18 e 19 de Outubro de 2018

Auditório do Museu Arqueológico do Carmo

Silos, matamorras e covas de pao - Armazenamento Medieval e Moderno em Portugal

Milhares de silos medievais e modernos foram já identificados em Portugal, sobretudo a sul do Mondego. Frequentes são as notícias de escavações arqueológicas onde estas estruturas subterrâneas são encontradas, a maior parte das quais transformadas em lixeiras aquando do seu abandono. A maioria dos estudos efectuados e publicados correspondem sobretudo a este último momento de utilização, ou seja, a sua desactivação, apresentando-se os espólios recuperados no seu interior.

O presente encontro pretende recuar até ao momento em que estas estruturas, fundamentais à manutenção das populações, porque ali se guardarem víveres que alimentariam pessoas e animais, eram utilizadas. Desta forma, o objectivo passa por promover o debate acerca da importância destas covas nos locais onde foram encontradas, tanto em ambiente urbano como rural. Quando e como foram feitos, como eram utilizados, a quem pertenciam, quem as guardava e cuidava da sua manutenção, qual a sua importância económica e cultural, são apenas algumas das questões que se pretendem debater.

Entrada livre, condicionada à lotação do auditório

Pode consultar aqui o programa.

Associação dos Arqueólogos Portugueses

17 de Outubro a 5 de Dezembro de 2018

Travessa da Trindade, 16 - 2A

VIAJAR PELO ANTIGO EGITO: Aspetos de Tomografia Cultural

É intenção deste curso proporcionar aos seus frequentadores uma aprazível e enriquecedora viagem pelo país do Nilo, visitando os sítios histórico-culturais e vendo os monumentos que nos foram legados pela brilhante civilização do antigo Egito, sem sair da sala onde decorrem as sessões. O curso terá oito sessões, todas com o apoio de imagens, sendo fornecidos aos participantes os materiais de apoio indispensáveis para melhor acompanhamento da matéria.

Informações:

Preço: 30€ para sócios da AAP; 40€ para o público em geral

Duração: 8 semanas, de 17 de Outubro a 5 de Dezembro. Sessões às 4as feiras das 18h às 20h horas

Inscrições: Para telefone nº 212 451 551 ou por e-mail para backoffice@arqueologos.pt


Pode consultar aqui o programa.

Associação dos Arqueólogos Portugueses

13 de Outubro de 2018

Auditório do Museu Arqueológico do Carmo

Mesa-redonda sobre a Transição Pleistocénico-Holocénico

No congresso EAA de Máastricht em 2017, Didac Roman, Mathieu Langlais e Celia Fat Cheung, organizaram uma sessão intitulada Pleistocene-Holocene transition in Western Europe (ca. 14000-10500 cal BP). As contribuições apresentadas nesta sessão serão publicadas num número especial da Quaternary International e os editores gostariam de incluir uma síntese sobre Portugal. Esta mesa-redonda pretende preparar a elaboração desta síntese e ao mesmo tempo proporcionar a apresentação de dados inéditos, a revisão de contextos antigos e sobretudo a troca de ideias entre os co-autores do texto.

Pode consultar aqui o programa.

Actividade de entrada livre, mediante inscrição prévia para sec.prehistoria.aap@gmail.com

Associação dos Arqueólogos Portugueses

12 de Outubro de 2018

Sala 5.2 da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa

Seminário: O Paleolítico em Portugal: um quarto de século de abordagem tecnológica

O objectivo principal é a realização de um balanço dos últimos 25 anos, período este que conheceu o surgimento exponencial de investigadores a trabalhar nestas cronologias e o desenvolvimento de diferentes áreas de especialização. Paralelamente, parece-nos oportuna a apresentação de trabalhos em curso. Os últimos anos foram prolíferos em trabalho de campo, sobretudo no âmbito da Arqueologia Preventiva, contudo, nem sempre tem sido disponibilizado palco para a apresentação destes resultados. Dentro destas duas linhas temáticas, muito abrangentes, a problemática a desenvolver ficará ao critério de cada autor.

Pode consultar aqui o programa.

Actividade de entrada livre, mediante inscrição prévia para sec.prehistoria.aap@gmail.com
Associação dos Arqueólogos Portugueses

29 de Setembro de 2018 às 15h

Sala 1 do Museu Arqueoógico do Carmo

Visita Orientada: Visitando a Memória de Vila Nova de São Pedro

Esta visita orientada, no âmbito das Jornadas Europeias do Património 2018, cujo tema é "Partilhar Memórias", revisitará a memória do Sítio de Vila Nova de São Pedro na Sala 1 do Museu Arqueológico do Carmo. Esta actividade fá-lo-á quer através dos materiais arqueológicos, como das pessoas que aí trabalharam.

É necessária a inscrição prévia (Nome, e-mail e número de telefone). Informações e incrições para cesar.neves@arqueologos.pt.
Secção de História

22 de Setembro de 2018 às 16h

Auditório do Museu Arqueoógico do Carmo

Os 40 anos do Campo Arqueológico de Mértola (CAM) na Associação dos Arqueólogos Portugueses

A Secção de História da AAP organiza em colaboração com o CAM, no dia 22 de Setembro de 2018 pelas 16 Horas no auditório do Museu Arqueológico do Carmo, em Lisboa as seguintes Conferências:

40 anos de CAM

Cláudio Torres

Descobertas recentes em Mértola

Virgílio Lopes

Apresentação Revista Arqueologia Medieval, n.º 14

Entrada Livre, limitada à lotação da sala.

Associação dos Arqueólogos Portugueses

19 de Julho de 2018 das 9h às 19h.

Vila Nova de São Pedro - Dia Aberto

Vila Nova de São Pedro, de novo – no 3º milénio – VNSP 3000

Visita guiada aos trabalhos arqueológicos de Vila Nova de São Pedro. “Vila Nova de São Pedro, de novo – no 3º milénio” – VNSP 3000 - é um projecto com diversas valências e campos de acção cujo principal objectivo é realizar a valorização científica, patrimonial e social do povoado fortificado.

Pode consultar aqui o Programa.
Comissão de Estudos Olisiponenses

7 de Junho de 2018 - 18h00

Conferência: Criptopórtico Romano de Lisboa: Recentes Interpretações no âmbito do Projecto CRLx

Ana Caessa

Centro de Arqueologia de Lisboa / DPC / DMC / Câmara Municipal de Lisboa
Nuno Mota
Centro de Arqueologia de Lisboa / DPC / DMC / Câmara Municipal de Lisboa

Vasco Martins
Forma Urbis Lab - Faculdade de Arquitectura/Universidade de Lisboa


Entrada Livre, limitada à lotação da sala.

Secção de História

17 de Maio de 2018 - 18h00

Conferência: José Leite de Vasconcelos (1858-1941) e a Construção do 'Homem Português', nos 125 anos do Museu Nacional de Arqueologia

Ana Cristina Martins

FCT | IHC-CEHFCI-UÉ-FCSH-UNL


Entrada Livre, limitada à lotação da sala.

Comissão de Estudos Olisiponenses

15 de Maio de 2018 - 18h00

Conferência: Cada Sítio, Uma História
A Arqueologia no projecto de instalação das ilhas ecológicas de Lisboa

Vanessa Filipe

Cota 80.86 | Instituto de Arqueologia e Paleociências - Universidade Nova de Lisboa

José Pedro Henriques
Cota 80.86 | Instituto de Arqueologia e Paleociências - Universidade Nova de Lisboa


Conferência Precedida pela Eleição da Mesa da Comissão de Estudos Olisiponenses às 17h30.

Entrada Livre, limitada à lotação da sala.

Associação dos Arqueólogos Portugueses

28 de Abril de 2018 às 17h

No próximo dia 28 de Abril, pelas 17 horas realiza-se, no Auditório da Associação dos Arqueólogos Portugueses, a cerimónia da entrega do Prémio Eduardo da Cunha Serrão (4ª edição) a André Tomás Pinto da Silva e Conceição Santos, autor do trabalho «A Arte Paleolítica ao Ar Livre da Bacia do Douro na Margem Direita do Tejo: Uma Visão de Conjunto» considerado pelo júri: “pela importância excepcional da temática escolhida, pela forma exemplar como são apresentados os dados recolhidos pela equipa de investigadores do Parque Arqueológico do Côa ao longo dos últimos 20 anos, e pela contribuição substancial do autor para o estudo da mentalidade das comunidades que criaram estas manifestações artísticas.”.

No âmbito desta edição do Prémio o júri atribuiu menções honrosas a Sara Liliana Magalhães Barbosa Garcês autora do trabalho «Cervídeos: Símbolos e Sociedade nos primórdios da agricultura do Tejo», a Maria José de Melo Henriques de Almeida, autora do trabalho «De Augusta Emerita a Olisipo por Ebora: uma leitura do território a partir da rede viária» e a Catarina Isabel dos Reis Costeira, autora do trabalho «No 3º milénio a.n.e., o sítio de São Pedro e as dinâmicas de povoamento no Alentejo Médio».

Intervêm na sessão o Presidente da AAP e a premiado. Terminada a cerimónia formal terá lugar um momento celebrativo.

Comissão de Arqueólogos Profissionais

19 de Abril de 2018 - 18h00

Eleições da Mesa da Comissão

Nos termos do Art.º 44 do Regulamento Interno anexo aos Estatutos, na sequência de anteriores decisões aprovadas em Assembleia Geral nesse sentido e da reunião de sócios ocorrida no passado dia 20 de Fevereiro de 2018, convoco a reunião da Comissão Profissional de Arqueólogos, para as 18,00 horas do dia 19 de Abril de 2018. A reunião realizar-se-á na sede desta Associação, no Largo do Carmo (Museu) em Lisboa, com a seguinte ordem de trabalhos:

1. Eleição da Mesa da Comissão Profissional de Arqueólogos da Associação dos Arqueólogos Portugueses para o triénio de 2018/2020.

A reunião terá carácter deliberativo em 2ª convocatória, trinta minutos depois da hora acima indicada.

Pode ler aqui a Convocatória.

Secção de História

9 de Abril de 2018 - 17h30

Eleições da Mesa da Secção

Nos termos do Art.º 44.2 do Regulamento Interno anexo aos Estatutos convoco a reunião da Secção de História, para as 17,30 horas do dia 9 de Abril de 2018. A reunião realizar-se-á na sede desta Associação, no Largo do Carmo (Museu) em Lisboa, com a seguinte ordem de trabalhos:

1. Eleição da Mesa da Secção de História da Associação dos Arqueólogos Portugueses para o triénio de 2018/2020.

A reunião terá carácter deliberativo em 2ª convocatória, trinta minutos depois da hora acima indicada.

Pode ler aqui a Convocatória.

Associação dos Arqueólogos Portugueses

22 de Março de 2018 - 18h00

Assembleia Geral Ordinária

No próximo dia 22 de Março de 2018, pelas 18h no Museu Arqueológico do Carmo em Lisboa, vai realizar-se a Assembleia Geral Ordinária com o ponto:
1. Eleições dos orgãos sociais da Associação dos Arqueólogos Portugueses para o triénio de 2018/2020.

Veja aqui a Convocatória.

Associação dos Arqueólogos Portugueses

22 de Março de 2018 - 17h00

Assembleia Geral Ordinária

No próximo dia 22 de Março de 2018, pelas 17h no Museu Arqueológico do Carmo em Lisboa, vai realizar-se a Assembleia Geral Ordinária com os pontos:
1. Leitura da Acta da Sessão anterior.
2. Apresentação, discussão e votação do relatório e contas da Direcção e parecer do Conselho Fiscal.
3. Outros assuntos.

Veja aqui a Convocatória.

Secção de História

13 de Março de 2018 - 18h00

Conferência: «De Portugal para a Índia - Cultura material e quotidiano a bordo de uma Nau Portuguesa dos inícios do século XVI descoberta em Omã»

Tânia Manuel Casimiro (IAP/IHC - FCSH/UNL)
Conferência precedida pela Reunião da Secção de História.Entrada livre, condicionada aos lugares existentes.

Secção de Pré-História

10 de Março de 2018 - 10h00

Entrada livre mediante inscrição prévia para sec.prehistoria.aap@gmail.com. Condicionada aos lugares existentes Consulte aqui o Programa.

Comissão de Estudos Olisiponenses

6 de Fevereiro de 2018 às 18h.

Conferência: «Mutação urbana na Lisboa Medieval: Arqueologia e Historia numa abordagem multidisciplinar»


Manuel Fialho Silva | Gabinete de Estudos Olisiponenses - Camara Municipal de Lisboa; Centro de História - Faculdade de Letras/Universidade Lisboa

Conferência precedida pela Reunião da Comissão de Estudos Olisiponenses.
Entrada livre, limitada à lotação da sala.
Associação dos Arqueólogos Portugueses

25 de Janeiro de 2017 - 18h00

Assembleia Geral Ordinária

Veja aqui a Convocatória.

Associação dos Arqueólogos Portugueses

22 a 26 de Novembro de 2017

II Congresso da Associação dos Arqueólogos Portugueses

O II Congresso de Arqueologia da Associação dos Arqueólogos Portugueses tem como principais objectivos a Divulgação, Discussão e Debate Científico dos estudos e intervenções arqueológicas realizadas por arqueólogos portugueses – independentemente do país, da região ou tema de investigação – e a todos os que, independentemente da sua nacionalidade, trabalhem no território actualmente português ou sobre contextos relacionados com a presença portuguesa no Mundo.
De igual modo, pretende-se que as contribuições resultem de trabalhos inéditos, que constituam sínteses ou reflexões científicas desde a Pré-História à Contemporaneidade. Para se inscrever e mais informações consulte o site do congresso em http://congressoaap.pt

Secção de Pré-História

18 de Outubro de 2017 - 18h

Conferência: «Nos Arredores do Cabo da Boa Esperança durante o Plistoceno»


Telmo Pereira

Conferência precedida pela Reunião da Secção de Pré-História.
Entrada livre, limitada à lotação da sala.
Secção de História e Comissão de Estudos Olisiponenses

23 de Setembro de 2017

Visita Guiada à exposição Debaixo dos Nossos Pés - Pavimentos Históricos de Lisboa

A Secção de História e a Comissão de Estudos Olisiponenses promovem no dia 23 de Setembro de 2017 (Sábado), pelas 11h, uma visita guiada à exposição patente no Torreão Poente - Museu de Lisboa Debaixo dos Nossos Pés - Pavimentos Históricos de Lisboa.

Participação gratuita, mediante inscrição prévia. Inscrições limitadas.

A visita tem o apoio e colaboração do Museu de Lisboa.

Para mais informações e inscrições: historia.aap@gmail.com

19 a 22 de Julho de 2017

Congresso Internacional

Os Carmelitas no Mundo Luso-Hispânico: História, Arte e Património

Organização: Sociedade de Geografia de Lisboa

Co-Organização: Centro de História d’Aquém e d’Além-Mar (CHAM) / FCSH- UNL e Universidade dos Açores; Centro de Estudos de História Religiosa - Universidade Católica Portuguesa; Centro Interdisciplinar de História, Culturas e Sociedades - Universidade de Évora; Centro de História da Universidade de Lisboa; Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa; Centro de Estudos em Ciências das Religiões - Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias.

Colaboração: Arquivo Nacional da Torre do Tombo; Biblioteca Nacional de Portugal; Museu Nacional de Arte Antiga; Associação dos Arqueólogos Portugueses e Fundação Mata do Bussaco, FP.

Decorridos mais de oito séculos sobre as origens da Ordem do Carmo, e mais de quatro sobre as da Ordem dos Carmelitas Descalços, a Sociedade de Geografia de Lisboa promove a realização de um Congresso Internacional consagrado à presença e actividade dos Carmelitas no mundo luso-hispânico, sob os prismas da História, Arte e Património. O Congresso procura reunir o contributo de investigadores e interessados, em torno das seguintes áreas temáticas: Estrutura e história institucional (reformas, separações, ordens e ramos); Identidade: carisma, horizontes intelectuais e correntes de espiritualidade; Missões, assistência e ensino; Culto e devoções; Bens, rendimentos e impactos económicos; Confrarias; Património edificado, artes, iconologia e música; Historiografia, hagiografia e biografias e Bibliotecas, arquivos e fontes.

Para mais informações: carmelitasnomundolusohispanico@hotmail.com

Pode consultar aqui o Programa e o Resumo das Comunicações

Secção de História e Comissão de Estudos Olisiponenses

23 de Setembro de 2017

Visita Guiada à exposição Debaixo dos Nossos Pés - Pavimentos Históricos de Lisboa

A Secção de História e a Comissão de Estudos Olisiponenses promovem no dia 23 de Setembro de 2017 (Sábado), pelas 11h, uma visita guiada à exposição patente no Torreão Poente - Museu de Lisboa Debaixo dos Nossos Pés - Pavimentos Históricos de Lisboa.

Participação gratuita, mediante inscrição prévia. Inscrições limitadas.

A visita tem o apoio e colaboração do Museu de Lisboa.

Para mais informações e inscrições: historia.aap@gmail.com

Associação dos Arqueólogos Portugueses

19 de Julho de 2017 das 8h às 19h.

Vila Nova de São Pedro - Dia Aberto

Vila Nova de São Pedro, de novo – no 3º milénio – VNSP 3000

Visita guiada aos trabalhos arqueológicos de Vila Nova de São Pedro. “Vila Nova de São Pedro, de novo – no 3º milénio” – VNSP 3000 - é um projecto com diversas valências e campos de acção cujo principal objectivo é realizar a valorização científica, patrimonial e social do povoado fortificado.

Pode consultar aqui o Programa.
Comissão de Estudos Olisiponenses

28 de Junho de 2017 às 18h.

Conferência: «Cais da Pedra no Terreiro do Paço e o desaparecido Cais Real da Praça de Belém. Planos de D. João V para a Margem de Lisboa»


Alexandra de Carvalho Antunes | ARTIS - IHA, Universidade de Lisboa

Conferência precedida pela Reunião da Comissão de Estudos Olisiponenses.
Entrada livre, limitada à lotação da sala.
Secção de História e Comissão de Estudos Olisiponenses

8 de Junho de 2017 às 18h.

Nesta sessão conjunta da Secção de História e da Comissão de Estudos Olisiponenses serão apresentadas as seguintes conferências:

«Valorização das Áreas Poentes e Norte do Palácio Nacional da Ajuda para Instalação das Jóias da Coroa e dos tesouros de Ourivesaria da Casa Real»

por João Carlos dos Santos | Direcção-Geral do Património Cultural, e

«Dados Preliminares da Intervenção Arqueológica no Palácio Nacional da Ajuda: projecto de Valorização das Áreas Poente e Norte»

por Pedro Rebelo e Mónica Gomes | Neoépica.

Associação dos Arqueólogos Portugueses

8 de Junho de 2017 às 16h.

No próximo dia 8 de Junho, pelas 16 horas realiza-se, no Auditório da Associação dos Arqueólogos Portugueses, a cerimónia da entrega do Prémio Eduardo da Cunha Serrão (3ª edição) a Rita Peyroteo Stjerna, autora do trabalho On Death in the Mesolithic considerado pelo júri e por unanimidade: “uma contribuição substancial e original para o conhecimento de dois dos mais importantes conjuntos de sítios pré-históricos do actual território português, os quais têm vindo a ser investigados há já mais de 150 anos, e de um período fundamental da História da Humanidade, o Mesolítico”.

No âmbito desta edição do Prémio o júri atribuiu uma menção honrosa a Ricardo Jorge Costeira da Silva autor do trabalho, O Museu Nacional de Machado de Castro - um ensaio de arqueologia urbana em Coimbra: do fórum augustano ao paço episcopal de Afonso de Castelo Branco.

Intervêm na sessão o Presidente da AAP e a premiada. Terminada a cerimónia formal terá lugar um momento celebrativo.

Secção de Pré-História

6 de Junho de 2017 - 18h

Conferência: «Problemas e resultados em Zooarqueogenética»


Ana Elisabete Pires | Universidade Lusófona, FCUL - Ce3C; INIAV e CIBIO

Conferência precedida pela Reunião da Secção de Pré-História.
Entrada livre, limitada à lotação da sala.
Comissão de Estudos Olisiponenses

26 de Maio de 2017 - 18h

Conferência: «Old and new wine in new bottles: uma reavaliação sobre urbanismo romano de Olisipo»


Rodrigo Banha da Silva | CAL-CML | CHAM - FCSH-Universidade Nova de Lisboa e Universidade dos Açores

Conferência precedida pela Reunião da Comissão de Estudos Olisiponenses.
Entrada livre, limitada à lotação da sala.
Associação dos Arqueólogos Portugueses

25 de Maio de 2017 - 18h

Lançamento das Monografias n.º 3, 4 e 5 da Associação dos Arqueólogos Portugueses


Realiza-se na sede da AAP no Museu Arqueológico do Carmo o lançamento das três monografias editadas na sequência da atribuição da 1ª edição do Prémio de Arqueologia Eduardo da Cunha Serrão, correspondendo ao prémio e às duas menções honrosas, da autoria de Andrea Martins, de Sofia Figueiredo e de Ana Osório. O lançamento das monografias será precedido por uma conferência do Prof. Doutor Vítor Oliveira Jorge, intitulada "Eduardo da Cunha Serrão, uma referência da arqueologia nacional do século XX".
Entrada livre, limitada à lotação da sala.

Fotografia de Eduardo da Cunha Serrão gentilmente cedida por Dr. António Martinho Baptista.

Secção de História

20 de Maio de 2017 - 15h

Colóquio: «Evidências Arqueológicas de Actos Médicos»


O Colóquio tem como objectivo dar a conhecer os achados arqueológicos de instrumentos cirúrgicos e evidências arqueológicas e antropológicas da sua utilização em Portugal.
Consulte o programa.
Note-se ainda que se encontra prevista a publicação das comunicações no âmbito das edições da Associação dos Arqueólogos Portugueses.

Entrada livre, limitada à lotação da sala.

Comissão de Estudos Olisiponenses

6 de Maio de 2017 às 15h

Colóquio: «Esta Lisboa que Eu Amo...»


O colóquio tem como principal objectivo homenagear Eduardo Sucena, presidente da mesa da Comissão de Estudos Olisiponenses entre 2009 e 2011, o qual na sua obra, entre outros temas, abordou a História de Lisboa e do Fado.

Programa:
Sessão de Homenagem*
(estarão presentes o Sr. Vice-presidente da Academia Portuguesa de História, membros do Grupo Amigos de Lisboa e representante de Nova Vega Editora)

No rito dos passos, em pedras polidas, marcas que possam ser lidas - J. Leitão Baptista
(in memoriam Eduardo Sucena)

Quando a ciência se cruza com a amizade - Fernando Andrade Lemos

Olaria romana da Garrocheira - seu contexto no Tejo e na produção de preparados piscícolas de Olisipo - Clementino Amaro

A Instituição do Vínculo de Capela por Balthazar Dias Pereira e Sua Mulher ao Convento do Carmo de Lisboa - António M. Dias Diogo e Laura Trindade

As cIDADES da Cidade: do dicionário da História de Lisboa à Associação dos Arqueólogos Portugueses - Ana Cristina Martins

Secção de História e Comissão de Estudos Olisiponenses

18 de Abril de 2017 - 18h

Esta sessão conjunta da Secção de História e da Comissão de Estudos Olisiponenses, tem por fim, celebrar o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios. Serão apresentadas as seguintes conferências:

«Arqueologia no Claustro da Sé de Lisboa, Anos Noventa: De espaço contemplativo aos mercadores fenícios» por Clementino Amaro, e

«O Claustro da Sé de Lisboa: da Escavação à Valorização» por Alexandra Gaspar e Ana Gomes.

Comissão de Estudos Olisiponenses

8 de Abril de 2017

Colóquio: «A Morte em Lisboa – Novos Dados, Novas Problemáticas»


O Colóquio tem por principal objectivo divulgar as mais recentes descobertas sobre esta temática no centro histórico de Lisboa, em muitos casos inéditas, assim como dar a conhecer os novos dados que aquelas fornecem para o conhecimento da História da cidade e dos seus habitantes.
Consulte aqui o programa.

Entrada livre, mas carece de inscrição prévia, devido aos limites de capacidade da sala. Para se inscrever, envie um e-mail para olisiponenses.aap@gmail.com.

Associação dos Arqueólogos Portugueses

30 de Março de 2017 - 18h00

Assembleia Geral Ordinária

Apresentação e discussão do relatório e contas da Direcção e parecer do Conselho Fiscal referente ao ano de 2016.
Veja aqui a Convocatória.

Secção de História

25 de Março de 2017 - 16h00

Mesa-Redonda: A Propósito da Epigrafia


José d'Encarnação | Universidade de Coimbra
José Cardim Ribeiro | Universidade de Lisboa | Museu Arqueológico São Miguel de Odrinhas
Amílcar Guerra | Universidade de Lisboa
Comissão de Estudos Olisiponenses

24 de Março de 2017

Conferência: «Novos e velhos dados sobre a geoarqueologia de Monsanto»


Eva Leitão | CAL-CML
Carlos Didelet | CAL-CML e IAP-UNL
Guilherme Cardoso | CAL-CML
Artes na Esfera Pública

23 de Março de 2017 . Grémio Literário

Conferências: «Carmo, Chiado e a Respublica Litteraria»
Lisboa

Consulte aqui o programa.

15-17 de Março de 2017

Organização: IEM-FCSH/NOVA, Universität Münster
Organizadores: Miguel Metelo de Seixas, Torsten Hiltmann, João Portugal

Colóquio: «State-Rooms of Royal and Princely Palaces in Europe (14th-16th c.): Spaces, Images, Rituals»


Entre os séculos XIV e XVI, as monarquias europeias desenvolveram uma gradual centralização do poder, acompanhada pela difusão de ideias políticas que contribuíram para a construção de uma nova imagem do príncipe e do seu poder soberano. As residências régias e principescas encontravam-se no centro desse fenómeno. Nestes espaços privilegiados, o soberano acomodava uma comitiva cada vaz mais numerosa e recebia hóspedes e mensageiros vindos de outras cortes. Foi portanto nestes edifícios que a sociedade de corte principiou.
Entrada livre. Lugares limitados, necessário reserva [inscrições esgotadas].

Todas as vagas foram já preenchidas, pode enviar um email de inscrição para o seguinte email mas será considerado em lista de espera e apenas será contactado na eventualidade de haver desistências por parte dos inscritos.
Consulte aqui o programa.
Secção de Pré-História

14 de Março de 2017 - 18h00

Conferência: Por uma Arqueologia mais Pública: exemplos em França e no Japão

Diana Nukushina | Doutoranda - Universidade de Lisboa, FLUL / UNIARQ / FCT

Resumo:
Em França e no Japão, o carácter público da Arqueologia é evidente. Se o Estado assume hoje um papel (ainda) determinante no financiamento e regulação da prática arqueológica, bem como na divulgação e salvaguarda patrimonial, o Cidadão é, também, uma figura incontornável nas várias vertentes da Arqueologia. Vários exemplos permitem destacar que, para além de expectador, o Cidadão é e poderá ser, cada vez mais, um elemento integrado e participativo na disciplina.

Secção de História

9 de Março de 2017 - 18h00

Conferência: Vergílio Corrêa (1888-1944): Um Arqueólogo, Etnólogo, Historiador de Arte e Homem de Cultura Integral


Vítor Serrão - Universidade de Lisboa
Secção de Pré-História

16 de Fevereiro de 2017 - 18h00

Conferência: A Razão da Diferença

Álvaro Pereira

Secção de História

9 de Fevereiro de 2017 - 18h00

Conferência: O Vestuário e a Moda na Idade Média

Paulo Morais Alexandre - Escola Superior de Teatro e Cinema | Instituto Politécnico de Lisboa

Secção de História

25 de Janeiro de 2017 - 18h00

Conferência: Bioarqueologia: Dos Dados ao Conhecimento
Desenvolvimentos de um modelo de gestão de informação

Filipa Neto - Direcção Geral do Património Cultural
Cristina Barroso Cruz - Interdisciplinary Centre for Archaeology and Evolution of Human Behaviour | UAlg
Ana Seabra - Centro de Investigação em Antropologia e Saúde | UC

Comissão de Estudos Olisiponeneses

23 de Janeiro de 2017 - 18h00

Conferência: La Ciudad de Lisboa como puerta hacia el mar: los sucesos de la nau São Roque y la carrera de India (1602-1603)

Koldo Trapaga Monchet - Instituto de Arqueologia e Paleociências - FCSH/Universidade Nova de Lisboa | Marie Curie Fellow

Secção de Pré-História

19 de Janeiro de 2016 - 18h00

Conferência: Quem não tem cão, caça com gato: Fotogrametria e Ciência Cidadã no âmbito do estudo, protecção e divulgação do Património Aborígene do Estado de Victoria, Austrália.

Francisco Almeida - Manager - Hume Heritage Programs Aboriginal Victoria Department of Premier and Cabinet – Victoria, Australia

Associação dos Arqueólogos Portugueses

11 de Janeiro de 2017 - 18h00

Assembleia Geral Ordinária

Veja aqui a Convocatória.

Secção de Pré-História

14 de Dezembro de 2016 - 18h00

Conferência: Contributo para o conhecimento das matérias-primas e dos processos de manufactura de cerâmica no Sudoeste da Península durante o Calcolítico.

Nuno Inácio - Centro de Arqueologia da Universidade de Lisboa - UNIARQ

Secção de História

13 de Dezembro de 2016 - 18h00

Conferência: Ciência, Universidade e «Respublicanismo»: Práticas e sociabilidades científicas na I República

Ângela Salgueiro - Instituto de História Contemporânea - FCSH/Universidade Nova de Lisboa

Comissão de Estudos Olisiponeneses

12 de Dezembro de 2016 - 18h00

Conferência: A Ópera do Tejo: História de uma memória na Lisboa actual

Aline Gallasch-Hall de Beuvink - Universidade Autónoma de Lisboa | CICH | CIAUD

A Direcção da Associação dos Arqueólogos Portugueses

6 de Dezembro de 2016 - 18h30

Lançamento do Livro: "A Igreja e o Convento de Santa Maria do Carmo de Lisboa (1389-1755)" da autoria de Célia Nunes Pereira

Associação dos Arqueólogos Portugueses

Associação dos Arqueólogos Portugueses

2 de Dezembro de 2016 - 18h00

Inauguração da Exposição: Côa, a Arte da Luz

Associação dos Arqueólogos Portugueses e Fundação Côa Parque

Secção de Pré-História

29 de Novembro de 2016 - 18h00

Conferência: O detalhe na arquitectura. Design, habitação e "modos de usar" o espaço em Castanheiro do Vento (Vila Nova de Foz Côa)

Ana Vale - Universidade do porto | Centro de Estudos de Arqueologia, Artes e Ciências do Património

Associação dos Arqueólogos Portugueses

22 de Novembro de 2016 - 17h00

Celebração do 153º Aniversário da Associação dos Arqueólogos Portugueses

Sessão Evocativa do Bicentenário do Nascimento de D. Fernando II sendo a oradora a
Prof. Doutora Maria Antónia Lopes - Universidade de Coimbra - Faculdade de Letras

Secção de História

1 de Outubro de 2016 - 10h30

Visita guiada: Museu do Dinheiro/Banco de Portugal - Núcleo Interpretativo da Muralha de D. Dinis

Igreja de São Julião, Lisboa
Participação gratuita mediante inscrição prévia. Inscrições limitadas.

Informações e inscrições: historia.aap@gmail.com

Estatutos

Estatutos e Regulamento interno da AAP

Ler mais...

Corpos Sociais

Estrutura hierárquica da AAP

Ler mais...

Secções

Secções que compõem a AAP

Ler mais...

PUBLICAÇÕES

...

Ler mais...

Biblioteca

Gestão de bases de dados bibliográficos

Ler mais...

Arquivo

Base de dados do Arquivo da AAP

Ler mais...

SÓCIOS

Torne-se sócio da AAP

Ficha de inscrição

ARQUIVO FOTOGRÁFICO

Em organização

Ler mais...

A AAP é a mais antiga associação de defesa do património em Portugal e tutela o Museu Arqueológico do Carmo, o primeiro museu de Arte e Arqueologia do país